IPv6@ESTG-Leiria     IPv6@ESTG-Leiria


VoIP em IPv6
(Outubro de 2005/Fevereiro de 2006 :: Concluído)



Aluno
Hugo Alexandre de Oliveira
Orientadores
António Pereira, Mário Antunes, Nuno Fonseca
Resumo
Recorrendo às potencialidades da Internet, actualmente é possível usar o protocolo IP para transportar os serviços tradicionais de comunicação, tais como o telefone e o fax num único canal. Efectivamente, nos últimos anos, tem-se verificado um aumento significativo da telefonia IP, sendo que, um dos factores que mais tem contribuído para este crescimento é a possibilidade de uma forte redução do custo das comunicações, quer ao nível global, quer até mesmo ao nível interno de uma organização.

O protocolo Session Initiation Protocol (SIP), definido recentemente, é um dos grandes responsáveis pelo crescimento das comunicações multimédia em redes IP, dado que fornece os mecanismos necessários para que diferentes terminais consigam iniciar as sessões na rede. O VoIP e o instant messaging são alguns exemplos de aplicações que usam o referido protocolo para início de sessão.

A Empresa Cisco Systems utiliza um outro protocolo de sinalização proprietário chamado Skinny Client Control Protocol (SCCP), no entanto também tem soluções para a integração do protocolo SIP e do H.323. Este último, é um protocolo bastante relevante, uma vez que permite a interoperabilidade com as redes do tipo Rede Digital com Integração de Serviço (RDIS) e analógicas ou Plain Old Telephone Service (POTS).

Actualmente a voz sobre IPv6, ainda está numa fase muito imatura. Existem poucas soluções de voz em IPv6 comerciais sendo que presentemente, por exemplo, a Cisco ainda não suporta IPv6 nas suas soluções de voz. Na comunidade Open source, já existem algumas soluções que implementam o protocolo SIP, destacando-se implementação de servidores IPv6 IPTEL e VOCAL. A nível de terminais softphone, existem poucas aplicações funcionais, sendo que as que existem possuem alguns bugs ou problemas a nível da camada da aplicação do modelo OSI.

No decorrer deste trabalho verificou-se que as soluções disponibilizadas pela Cisco Systems não suportam IPv6, assim procurou-se encontrar soluções para implementar voz IPv4 sobre uma rede IPv6, recorrendo a mecanismos de transição IPv4 para IPv6. Dado que a voz sobre IP é sensível ao tráfego existente na rede, procurou-se formas de oferecer QoS (Quality of Service) ou Qualidade de Serviço em IPv6. Também foi realizado um cenário com a implementação de VoIP em IPv6 nativo, usando soluções Open Source.
Documentos
Relatório Final :: Apresentação :: Póster :: Artigo (en)

Copyright © 2005-2011 IPv6@ESTG-Leiria :: Contacto: ipv6@estg.ipleiria.pt :: Webmaster: Carlos Silva :: Go Go IPv6! ;-)